Escolha uma Página Menu

Vendas online: 5 dicas de como fazer parcerias

03 jul 2020 | Finanças pós COVID-19

Como fazer parcerias? É possível fazer parcerias e aumentar as vendas online? De que maneira posso me aproximar de outras empresas? E, principalmente: como fica o meu lucro quando tenho parceiros? Essas podem ser questões que passam na cabeça de diversos empreendedores, autônomos, trabalhadores informais e até os sonhadores, por que não? Afinal, nunca é tarde para começar um negócio, muito menos fazer uma parceria.

Bom, como já sabemos, o cenário do COVID-19 afastou as pessoas das ruas com o objetivo de evitar que a doença se espalhe. Porém, esse novo tipo de comportamento está causando problemas para os pequenos e médios negócios. Afinal, sem pessoas nas ruas, não temos compradores nas lojas, e, consequentemente, menos dinheiro entrando no caixa.

Mas, você se pergunta “Meu estabelecimento está vazio. Está faltando dinheiro, como posso melhorar essa situação?”. A alternativa está nas vendas online. Tudo que você precisa previamente preparar para se dar bem nas vendas online está nesse texto do nosso blog.

O papo aqui hoje, como prometido, é uma continuação desse conteúdo, o qual irá abordar uma outra frente de vendas online que está em crescimento e que pode te ajudar a vender mais: as parcerias. Afinal, como fazer parcerias? Vamos lá:

 

1 – Procurando e analisando parceiros

Essa é a primeira etapa e uma das mais importantes, afinal, se conectar com outra empresa é criar uma parceria de negócios, e você não leva seus negócios na brincadeira, certo?  Aqui você irá entender o seu público-alvo. Então, comece organizando uma lista de empresas que são alinhadas com sua proposta de negócio.

Após fazer essa lista, avalie qual empresa possui capacidade de interagir com o seu produto/serviço e oferecer ele ao maior número de clientes possíveis e, claro, com uma boa experiência. Esses são atributos buscados por empresas que querem participar de diversos canais de vendas.

2 – Conhecendo canais de vendas

Canais de venda são, basicamente, meios de levar seu produto/serviço para o público. Ou seja, a comercialização de fato, seja ela online ou offline, tudo depende da sua área de atuação. São os canais de venda responsáveis pelo ponto de contato do seu negócio com os clientes, por isso a importância de entender o tema para tomar as melhores decisões. Sabendo disso, vamos conhecer hoje os tipos de canais de venda online.

Canais de venda online

Sem muito segredo, são os canais virtuais que ajudam a oferecer e entregar produtos e serviços aos seus clientes. Aqui vale ressaltar a transformação digital que, mais do que nunca, estamos presenciando, principalmente se tratando do cenário atual causado pela pandemia do COVID-19.

As principais vantagens dos canais online são: economia, mobilidade, comodidade e, claro, agilidade. O online proporciona uma exposição muito ampla do seu negócio, afinal, não há limites físicos para que o consumidor chegue ao seu produto/serviço.

Principais canais online

Google Ads
São os famosos anúncios no Google, a principal ferramenta de busca online do Mundo. Funciona assim: a plataforma te ajuda a aumentar o alcance dos seus produtos, levando-os a um patamar nacional, como falamos acima, o conceito do “sem fronteiras físicas”

Os anúncios são organizados pelas palavras-chaves do seu negócio, criando uma rede que exibe aos usuários anúncios de empresas que oferecem o que ele está procurando.

E-mail Marketing
É uma das melhores maneiras de se conscientizar o consumidor sobre seu negócio e conduzi-lo ao ato de compra. Por se tratar de um canal que lida com as diferentes fases de contato com o seu produto, você consegue criar mensagens personalizadas para cada momento, tornando a busca por conversão mais assertiva.

E-commerce
Já imaginou ter sua própria loja online? É o que basicamente define o conceito de e-commerce. Com um ambiente personalizado e dedicado apenas a sua marca, o e-commerce traz um grande volume de vendas, o que torna o negócio possível e só agrega vantagens para que você continue criando mais possibilidades de produtos, aprimoramento de experiência etc.

Marketplace
Basicamente, é uma maneira de você expor o seu produto/serviço em outra loja online. Por exemplo, o aplicativo iFood é um marketplace de milhares de lojas, restaurantes e conveniências. Outro exemplo é o Mercado Livre, plataforma de vendas online que atende empresas e empreendedores de diversos portes e segmentos. No caso de crédito, vale destacar a Finazero ,  marketplace de crédito pessoal para pessoas em busca de empréstimo. Nesse sentido, esse canal se resume a uma plataforma na qual diversas empresas se inscrevem para vender seus produtos e serviços. 

Explicando de uma outra forma, nós costumávamos ir fisicamente a um marketplace bem conhecido: os shoppings! Shoppings são espaços físicos onde diversas lojas se organizam para vender seus produtos e oferecer seus serviços. Hoje, especificamente, estamos falando do marketplace digital, ou seja, plataformas e aplicativos de consumo.

Redes sociais

Por último, mas não menos importante: as redes sociais. Vamos pular o fato de que achamos extremamente importante todas as marcas possuírem presença nas redes sociais e vamos aos fatos: as redes são grandes canais de vendas online.

Apenas estar presente nas redes sociais não basta. Você precisa aprender com o seu público, o engajamento e os resultados que suas comunicações nas redes proporcionam aos usuários que estão ali acompanhando seu negócio.

Além desse ponto, que colabora diretamente para suas estratégias de publicações, o que você precisa saber é que as redes sociais evoluíram tanto, que os usuários já estão efetuando compras diretamente por lá.

Sobre esse assunto, iremos fazer um conteúdo em nosso blog somente para falar de vendas em redes sociais. Fique ligado. Enquanto isso, leia um pouco mais no artigo do Sebrae sobre vendas no Instagram.

Todo o cenário apresentado sobre os canais online é fundamental para que você consiga alavancar parcerias de negócios. Quanto mais você praticar o exercício de buscar informações, estar conectado com as novas tecnologias e participar ativamente das relações criadas com fornecedores, colaboradores e, sem dúvida, seus parceiros, mais você terá um alcance maior e conquistar sucesso nas suas vendas online.

3 – O universo dos aplicativos

Agora que estamos por dentro dos diversos canais de venda, vamos falar sobre o universo dos aplicativos.

Não é de agora que notamos um crescimento exponencial no número de aplicativos de vendas. Porém, com a chegada do COVID-19, esse número subiu muito.

Os aplicativos são fáceis de usar e de comprar, o que ajuda na hora de realizar negócios. Um ponto positivo em ter seu produto ou serviço em um marketplace de aplicativo é que parte do processo estará acontecendo com o seu parceiro, exemplo: promoção, venda e distribuição. Você, caso seja do ramo alimentício, por exemplo, só terá preocupação em preparar a comida. O resto, fica por conta da administração do aplicativo.

Ah, vale lembrar que esse é sim um ponto super positivo, porém, lembre-se da importância de fazer pesquisas e criar um acompanhamento mensal com seus parceiros, afinal, você estará deixando na mão do parceiro quase 80% da experiência do seu cliente.

4 – Preze pela experiência do seu cliente

Falando em experiência do cliente, você já parou pra pensar o quanto isso é importante quando falamos sobre parcerias? Como fazer parcerias de sucesso? A resposta pode estar nesse item.

Veja bem, se você é usuário de aplicativo e está adquirindo um produto de outra empresa, caso aconteça algum problema de entrega ou pagamento, a tratativa de reclamação começa com o seu parceiro, e não com você. Ou seja, o suporte inicial acontece pela outra empresa, se ela não tratar da melhor maneira possível o problema do seu cliente, ele poderá nunca mais optar por comprar com você.

Assim, após seguir esses passos, você já terá em mãos uma lista seleta de aplicativos ou marketplaces físicos que estejam à altura da qualidade de atendimento que você busca e, também, no quesito custo benefício, afinal, esse é um ponto importante para entender melhor como fazer parcerias de sucesso.

5 – Falando em parcerias… 

No ramo financeiro existem muitas empresas parceiras, por exemplo nós. A Geru possui diversos parceiros que contam com nossa ajuda – e nós a deles – para contribuir positivamente para a vida das pessoas.

Atualmente, podemos citar um exemplo de parcerias que os principais bancos brasileiros fizeram para oferecer soluções financeiras para que os brasileiros conseguissem enfrentar melhor a pandemia do COVID-19.

Um dos nossos parceiros é a Finanzero, um marketplace de crédito digital. Lá você encontra um comparativo de ofertas direcionadas a você.

E, lembre-se: se você precisar de alguma ajuda financeira em qualquer etapa de construção e amadurecimento do seu negócio, conte com a Geru.

    %d blogueiros gostam disto: