Escolha uma Página Menu

Lidando com score baixo? Saiba tudo que você precisa para melhorar

05 nov 2019 | Finanças

Se você recentemente foi recusado para algum financiamento ou empréstimo, o culpado pode ser o score baixo, apesar de nem sempre ser esse o caso. A avaliação do seu histórico crédito é feita de forma automática, sem que você perceba, mas pode afetar diretamente as suas decisões financeiras.

Existem diversas instituições no Brasil que se encarregam de manter um score de crédito baseado no CPF de cada pessoa. Mas se você está com o score baixo não precisa se desesperar, pois há chances de reverter essa situação. Continue lendo para entender melhor.

O que é score de crédito?

O score de crédito é uma pontuação que vai de 0 a 1000 e quanto mais alto melhor é o seu resultado. Essa pontuação é determinada com base em seus históricos de pagamentos, empréstimo, atrasos, dívidas, entre outros fatores.

O score de crédito geralmente é utilizado por instituições financeiras para decidir se um pedido de parcelamento, financiamento, empréstimo ou linhas de crédito num geral será aprovado ou não. É um dos principais dados que vai dizer se aquela pessoas é confiável ou não, de um ponto de vista financeiro. 

Um dos principais órgãos responsáveis pelo score de crédito no Brasil é a SERASA, que permite que cada cidadão consulte online a sua pontuação. Segunda a SERASA, são usados 4 critérios:

  • negativações, isto é, quando você fica devendo alguma conta e seu nome fica sujo;
  • consulta, que mede a frequência com que as lojas e bancos checam o seu score. Se seu score é checado com muita frequência, pode indicar que você está buscando por muitas soluções de crédito e isso não é ideal;
  • crédito, que mede o quanto as empresas confiam em você e leva em conta, por exemplo, quantos financiamentos ou cartões de crédito você tem;
  • pagamentos, que avalia sua capacidade de pagar as contas em dia.

A SERASA não é, porém, o único bureau de crédito disponível no Brasil. Quando você pede um empréstimo, financiamento ou cartão de crédito, as empresas consultam inúmeros bureaus para entender a sua reputação como consumidor. Nessa hora, um score baixo pode reduzir as suas chances.

O que é um score baixo?

Uma pontuação abaixo de 300 é considerada um score baixo e pode dificultar muito a sua vida financeira. Se você costuma ficar inadimplente, atrasar pagamentos, não pagar o total da fatura do cartão, entre outros deslizes, vai ter seu score prejudicado. 

O score baixo também depende de outros fatores. Por exemplo, é comum que as pessoas no começo da vida adulta tenham um score baixo, que vai melhorando conforme elas passam a ganhar mais, adquirem patrimônio, e assim por diante.

No entanto, se você não honrar seus pagamentos ao longo da vida, vai continuar com o score baixo. Como consequência, sua pontuação vai estar pior do que outras pessoas na mesma faixa etária. Portanto, uma pessoa de 20 anos que tem um score de 500 é melhor vista pelo mercado do que uma pessoa de 50 anos com a mesma pontuação.

Toda vez que você quiser financiar um carro ou imóvel, fazer uma compra parcelada, pegar um empréstimo, pedir um cartão de crédito e até mesmo fazer uma conta de celular, seu score será consultado.

Por isso, quem tem o score baixo tem dificuldade em obter boas condições em empréstimo e financiamentos e pode até mesmo ter um contrato negado. Se você está nessa situação, precisa agir o quanto antes para aumentar seu score.

5 dicas para melhorar o score baixo

Se você está com o score baixo, isso não é o fim do mundo. Veja agora 5 formas de melhorar sua reputação financeira para aumentar sua pontuação.

1. Renegocie e pague dívidas em aberto

Identifique qualquer conta que você tem em atraso e faça um plano para conseguir pagá-las. Se você ficou devendo, por exemplo, um financiamento, entre em contato com a empresa e renegocie o pagamento.

Se há contas do dia a dia, como água, luz ou telefone em atraso, faça tudo o que puder para colocá-las em dia. Se necessário, faça um empréstimo para quitar essas dívidas.

2. Limpe seu nome

Sem dívidas em aberto, você já pode limpar seu nome. O processo deveria acontecer de forma automática, mas você pode consultar a Serasa para verificar se o seu CPF ainda está negativado. Pode ser necessário solicitar que as empresas informem que você pagou as dívidas em aberto.

3. Atualize seus dados cadastrais

Manter seus dados cadastrais sempre atualizados também pode ajudar com o score baixo. Informando seu telefone e endereço corretos, os bureaus entendem que você é mais confiável porque pode ser encontrado facilmente.

4. Coloque contas em débito automático

Ter contas no seu nome e em débito automático também ajuda a melhorar o score. Ao assumir compromissos e pagá-los sempre em dia, seu histórico de crédito é melhorado consideravelmente.

5. Reveja seus hábitos financeiros

Por fim, se você chegou a ter o nome sujo e ficou com o score baixo é bem provável que precise rever seus hábitos financeiros para evitar novo endividamento. Se você continuar consumindo de forma descontrolada, provavelmente vai ter seu CPF negativado novamente.

Em resumo, o score baixo geralmente é resultado de maus hábitos como gastar mais do que ganha, ter um padrão de vida que não corresponde à sua realidade financeira ou fazer compras compulsivas. Se você quer ter uma reputação melhor, ficar livre das dívidas e conseguir crédito para realizar seus sonhos, vai precisar mudar hábitos.

Se você quer entender melhor o passo a passo para melhorar suas finanças e aumentar seu score de crédito, confira agora nossas 9 dicas para tomar as rédeas das suas finanças!

%d blogueiros gostam disto: