Escolha uma Página Menu

A Geru inaugura hoje um novo editorial de conteúdo, é o #PapoComGeru. Falaremos com algumas pessoas do Time sobre o mercado de trabalho, finanças, COVID-19, produtividade, crédito digital e mais. 

Inaugurando a sessão, conversamos com o nosso CCO, Genaro Lins Quando perguntado sobre sua visão para o futuro do mercado de crédito digital no Brasil diante dessa crise econômica, nosso Diretor assume ter pontos positivos e negativos, disse: “Nesse período desafiador, muitos produtos, como por exemplo, restaurantes, cinemas e turismo, estão sendo, e ainda serão muito impactados. Não é o caso do crédito digital, um produto ainda mais essencial em períodos de crise. Porém, em crédito, a tendência seria, nos próximos meses, a de cautela. Existem muitos perfis de clientes e diversas variáveis de histórico de pagamento. Essas variáveis são imprescindíveis na hora de avaliar a aprovação do crédito no mercado.” 

Essa é uma ação cautelosa e que deve ser entendida como medida de precaução para o mercado financeiro, visto que, infelizmente, o índice de inadimplência cresce à medida que a procura por crédito também cresce. Esse movimento no perfil financeiro dos brasileiros, em suma causado pelo agravamento da pandemia e suas consequências, nos faz pensar e pesquisar muito mais. Entender como oferecer crédito justo em meio a esse cenário é um trabalho diário tanto do Time da Geru quanto dos nossos parceiros e concorrentes.

E, como trabalho é um assunto forte nesse momento, perguntamos ao Genaro quais são os maiores desafios enfrentados pelo Time de Crédito da Geru em frente a esse novo contexto socioeconômico, ele disse: “É incrível como a produtividade de toda a equipe aumento nesta crise, isto se deve ao envolvimento de todos no projeto de adaptar a empresa à realidade atual. Obviamente, não sem desgaste.” Genaro ainda lembra que, principalmente nesse momento, temos que conciliar atividades da empresa com o cuidado dos filhos e da casa, sempre lembrando que temos que buscar manter a serenidade, mesmo com tantas notícias ruins. Além disso, ele lembra de uma frase que faz muito sentido para a liderança de equipes “Não se faz bons marinheiros em tempo bom, e sim em tempestades.” Realmente, esta oportunidade de fazer a diferença é o principal fator que une os Times.

Por fim, pedimos a ele que deixasse uma mensagem de esperança para nós, olha que legal o pensamento do nosso Diretor: “George Orwell, escritor inglês, autor do clássico 1984, afirmou que ‘a maneira mais rápida de se terminar uma guerra é perdê-la’. Estamos no meio de uma. Temos responsabilidade com nossas comunidades: família, trabalho, sociedade. Em poucos meses esta pandemia terá passado, e neste futuro não muito distante, graças a nossa atitude e dedicação hoje, tenho certeza, nos orgulharemos de ter vencido a guerra.”

#Geru

%d blogueiros gostam disto: