Escolha uma Página Menu

É com imenso prazer que o #PapoComGeru de hoje conversa com um dos colaboradores mais antigos da Geru, o Fabio Martinez. Ele já passou por algumas funções aqui na Geru. Viu a empresa crescer, se desenvolver e, atualmente, é o nosso Analista de Projetos de Atendimento.

“Comecei a trabalhar como estagiário de Customer Care. Naquela época, há 3 anos, ainda estávamos construindo diversos processos e avaliando ferramentas para melhorar a cada dia os nossos índices de qualidade.” Fabio acompanhou muitas mudanças e evoluções da Geru, o que permitiu que ele fizesse parte, desde o início, de muitos projetos.

Começamos a conversa com uma boa memória, olha o que ele tem a dizer sobre seu início de carreira com a gente: “A Geru sempre tem uma cultura muito legal de compartilhamento entre todos. Nesses três anos eu tive a oportunidade de trabalhar com muitas pessoas, conhecer diversas áreas da empresa e ajudar em tudo o que estivesse ao meu alcance. Fiz muitos padrinhos e madrinhas que estavam sempre muito dispostos a ensinar, e é essa característica, que pra mim, coloca a Geru entre as melhores empresas para se trabalhar. Eu cresci muito aqui!”.

Falando em crescimento, a área de Projetos de Atendimento da Geru tem ganhado destaque entre os Times. Eles são responsáveis por criar e acompanhar diversas atividades que colaboram com esse crescimento da empresa. Assim, quando perguntamos ao Fabio sobre os desafios que o Time dele tem enfrentado, ele nos diz: “O cenário atual trouxe muitos desafios para todo mundo. Iniciamos o ano com um planejamento construído com foco nos trimestres, porém, devido ao COVID-19, tivemos que nos reinventar e replanejar o que traria mais valor para o cliente nesse momento.” Se tratando de projetos, o que está acontecendo com o mundo atualmente nada mais é do que uma oportunidade de alavancar ideias e melhorias que nossos Times tinham em mente para conquistar todos os desafios que foram impostos a nós pela crise. Sobre isso, nosso Analista de Projetos comenta: “Nos preocupamos com as tarefas do dia a dia e pensamos em diversas formas de manter o Time unido, mesmo à distância, e ainda concretizar os projetos que se tornaram necessários para todo mundo.”  E é essa união dos Times que colabora diariamente para que a Geru continue entregando uma experiência inovadora para aqueles que buscam crédito seguro, rápido e descomplicado.

Sobre nosso produto, Fabio brinca que, ao acelerar os projetos, nos tornamos uma “pequena fábrica de automações”. Isso por que adiantamos prazos de features muito importantes e que seriam extremamente necessárias nesse cenário. Sobre isso, ele comenta “O nosso principal objetivo era conseguir integrar todos os canais em uma plataforma única de atendimento, que nos permitisse entrar com uma nova arquitetura de autosserviço para ajudar nossos clientes.”. E, foi no meio desse processo que surgiu a Gê, nossa identidade virtual que surgiu com o objetivo de resolver as principais dúvidas e demandas que surgem nos canais de atendimento.

A dedicação do Time em entregar o Projeto da Gê em tempos de pandemia foi fundamental para dar um fôlego aos nossos agentes de Customer Care e, claro, proporcionar uma experiência rápida e intuitiva para quem nos procura. A Gê é sinônimo de orgulho para nós, Fábio conta um pouco da criação dela “Iniciamos esse projeto em todos os nossos canais de voz, a preferência de nossos clientes nesse momento, e em seguida, atuamos nos canais de texto, e garantimos um fluxo de atendimento ágil, dinâmico e muito prático, possibilitando ao nosso cliente resolver sua demanda com poucos cliques.”

E não para por aí, em meio das novidades, a Geru também iniciou sua operação com a Gê pelo WhatsApp, o canal de atendimento que mais cresce nos últimos meses. Essa entrega irá desafogar o atendimento e automatizar, em média, 50% de todo nosso volume.

Esse é um novo momento para nós, para o mercado e, claro, para os consumidores e clientes da Geru. Infelizmente, o contexto é complicado, mas, conseguimos aproveitar oportunidades e unir esforços para trabalhar em prol dos nossos projetos. Sobre todo esse movimento, Fabio diz: “As mudanças não são todas negativas. Podemos sim encontrar esperança e um novo jeito de viver o mundo que está por vir. Estamos na internet e permaneceremos nela, de uma forma diferente, claro, e isso, acredito eu, nos ensinou a valorizar pequenas coisas. Não podemos nos esquecer do que acontece depois da tempestade.”

É isso! Juntos, vamos esperar esse cenário passar e, até lá, continuaremos unidos pelo propósito de ajudar as pessoas.

#Geru

%d blogueiros gostam disto: