Escolha uma Página Menu

O que é conta corrente? Saiba tudo sobre a modalidade

11 fev 2020 | Finanças

A conta corrente é uma alternativa muito procurada, especialmente por quem está iniciando sua vida financeira e profissional. Isso porque com ela é possível receber salários, dentre outros pagamentos. E como está presente no dia a dia da maioria dos cidadãos, parece simples responder o que é conta corrente. Mas pode ser que não seja tão óbvio assim.

Antes de abrir um conta corrente, é preciso se informar muito bem sobre suas características, como abrir, os documentos necessários e as vantagens e desvantagens. A seguir você encontrará todas essas informações, além de entender em detalhes o que é uma conta corrente.

O que é conta corrente?

Conta corrente é a forma mais comum de conta bancária utilizada nos dias de hoje, apresentando uma série de benefícios e funções. Por meio de uma conta corrente você pode realizar depósitos e saques, fazer compras, emitir cheques, solicitar empréstimos, e muito mais.

É um serviço oferecido por algumas instituições financeiras que visa garantir o recebimento e o depósito de determinado valor. O processo é realizado de maneira ágil e segura. É como um cofre onde você guarda seu dinheiro e pode movimentá-lo quando quiser.

A conta corrente é indicada para pessoas que desejam realizar transações com frequência, como receber e realizar pagamentos, saques, emitir cheques, solicitar empréstimos, entre diversas outras atividades. Com ela, não é necessário que haja um aviso prévio para que a movimentação ocorra.

Por isso, a conta corrente é a forma mais comum de conta bancária utilizada atualmente. E com a popularização das contas digitais (nos bancos digitais tudo é feito de forma remota e on-line, desde a abertura até às transações) o número só tende a crescer. Segundo a Federação Nacional dos Bancos (Febraban), em 2018, o número de contas correntes 100% digitais já ultrapassada os 2 milhões de usuários.

Quais os requisitos para abrir uma conta corrente?

Caso você queria fazer parte do grupo de milhões de correntista do Brasil, é preciso saber quais os requisitos necessários para a abertura de uma conta corrente. Obviamente os critérios e documentações necessárias irão variar de uma instituição para outra. Mas de maneira geral os requisitos mais comuns são:

 Ter mais de 18 anos ou 18 anos completos;

  • Ter entre 16 anos completos e 18 anos incompletos, mas acompanhado pelos responsáveis;
  • Comprovante de renda;
  • Apresentação da carteira de trabalho, holerite ou contrato de estágio.

Pessoas com o nome negativado podem abrir uma conta corrente?

Sim, podem! Porém é preciso buscar por instituições financeiras que oferecem esse serviço, já que não são todas que aceitam pessoas com nome negativado. 

Uma opção pode ser as contas digitais, que costumam impor menos burocracias em seus usuários e funcionam de forma muito similar a contas criadas em bancos físicos.  

Conta corrente: para que serve?

A conta corrente tem como principal objetivo possibilitar a transmissão e saque do dinheiro disponível na conta. Nela será possível fazer saques, empréstimos, depósitos, transferências e recebimento.

A conta corrente é um serviço de grande versatilidade para quem deseja ter muitas funções em um único local. Para aqueles que estão dando início à vida financeira ou acabaram de conseguir um emprego, por exemplo, a conta corrente será uma das saídas mais viáveis para facilitar o processo. A movimentação da conta pode ser feita por meio de caixas eletrônicos, internet banking ou agências bancárias.

Como abrir uma conta corrente?

Após saber o que é conta corrente e decidir ser um correntista, para que tudo seja feito da forma correta, além de buscar referências sobre as instituições, é preciso que você siga as etapas descritas abaixo:

  • Verificação da necessidade: embora a conta corrente seja uma modalidade de fácil abertura, é interessante saber se ela realmente atenderá às suas necessidades.
  • Preenchimento de requisitos: como já citado anteriormente é imprescindível que o futuro correntista preencha aos requisitos mínimos da instituição.
  • Comparar as instituições: antes de finalizar a abertura de sua conta é recomendado comparar os serviços oferecidos pelas instituições, escolhendo os mais vantajosos. 
  • Apresentar os documentos necessários: são eles o CPF, documento original de identificação com foto e comprovantes de endereço e renda dos últimos 3 meses.
  • Escolher o pacote de serviços: dependendo da instituição é possível que os pacotes possam variar, por isso se faz necessário estar atento às propostas.
  • Comparecer à agência: para que os últimos detalhes sejam acertados, caso não se trate de uma conta digital, será necessário ir até a instituição.

5 vantagens de uma conta corrente

Ao abrir uma conta corrente, um passo é dado com relação à proteção de seu dinheiro. Sendo assim, é muito importante que a escolha seja feita de maneira correta, com cautela, para não haver complicações no futuro.

Além da facilidade, algumas outras vantagens podem ser atribuídas a uma conta corrente. São elas:

  1. Seu dinheiro estará seguro;
  2. Será possível parcelar suas contas, caso não tenha o valor total naquele momento;
  3. Os pagamentos são realizados de maneira ágil, podendo ser processados em poucos minutos;
  4. É possível contratar empréstimos e fazer financiamentos;
  5. Com ela você consegue realizar transferências entre instituições diferentes de maneira rápida e segura.

Desvantagens de abrir uma conta corrente

Embora as vantagens pareçam ser mais relevantes, também é importante que as desvantagens sejam analisadas para que as aplicações não saiam do controle. Sendo assim, algumas desvantagens da conta corrente são: alguns bancos podem contar tarifa de manutenção; há uma certa burocracia para abertura; algumas agências podem fazer uma análise de crédito, o que poderá estender o prazo de abertura.

Além disso, os juros do cheque especial são extremamente altos e a maior parte dos bancos só permite a abertura de uma conta corrente de forma presencial.

O ABC da conta corrente

Por fim, para fazer bom uso da sua conta corrente é preciso que você se familiarize com alguns termos. Alguns deles são:

CET (Custo Efetivo Total): esse termo aparecerá se você estiver fazendo uso de empréstimos ou financiamentos, pois, como o nome sugere, ele apresente o real custo do serviço, incluindo tanto o valor do empréstimo ou financiamento, como  incluindo os juros, as tarifas, os impostos e outros encargos cobrados.

IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros ou Relativas a Títulos ou Valores Mobiliários): esse é o valor que você paga ao governo federal quando realiza alguma dessas operações financeiras.

Saldo provisionado: isso acontece quando o banco separa alguma quantia da sua conta corrente para um pagamento que tenha o vencimento estabelecido para aquele dia, como a parcela de uma empréstimo, por exemplo.

Lançamentos futuros: quando receitas ou despesas forem agendadas para um futuro próximo, você poderá acompanhar essas informações nesta sessão do seu extrato bancário.

Essas definições foram retiradas do Glossário Simplificado de Termos Financeiros disponibilizado pelo Banco Central. Confira esses e outros termos aqui.  

Agora que você sabe o que é conta corrente, como funciona e como abrir uma, é só pesquisar bastante e escolher a melhor instituição para as suas necessidades.  

Aqui na Geru, queremos te ajudar a entender melhor o mundo financeiro e prezamos por informações completas e claras. Se você gostou desse conteúdo e quer continuar aprendendo, acompanhe nosso blog e não perca nenhuma novidade. 

Nós queremos te ajudar a realizar seus sonhos, de forma fácil e confiável. Venha simular um empréstimo com a gente:

%d blogueiros gostam disto: