Escolha uma Página Menu

Aprenda a definir metas financeiras e como alcançá-las

10 dez 2019 | Institucional

Quando estamos estabelecendo metas, é muito comum que elas se dividam em áreas da vida: carreira profissional, vida familiar, saúde e, claro, as finanças. O que às vezes falhamos em perceber é que na realidade as coisas não estão tão divididas assim, e cada área da vida pode ter impacto em outras. E esse é exatamente o caso das metas financeiras, que impactam diretamente todas as outras áreas. 

Talvez você nunca tenha desejado juntar o primeiro milhão ou viver de renda, mas, se na sua lista de resoluções constam itens como viajar, ingressar na faculdade, comprar um carro ou até casar, definir metas financeiras consistentes é o primeiro passo para realizá-los.

Todo mundo tem sonhos e objetivos. No entanto, mais importante do que sonhar é planejar como você vai chegar lá. Todo sonho pode ser uma meta se ele sair do plano das ideias e se tornar um plano de ação. 

A seguir, vamos discutir alguns pontos cruciais para levar em consideração quando estiver estabelecendo suas próprias metas financeiras. 

O que são metas financeiras?

Metas financeiras são como qualquer outra meta: dizem respeito a um objetivo palpável e contabilizável que de alguma forma se relacione com sua vida financeira. 

Por exemplo, se você pretende fazer um mestrado, essa é uma meta acadêmica: podemos vê-la e realizá-la por meio de ações reais, além de ser possível estabelecer uma linha do tempo para tais ações (quanto tempo terei para me preparar, quanto tempo terei que me dedicar às aulas e leitura, quanto tempo terei para escrever minha tese, etc). Perceba como, dessa maneira, o que era um sonho ou desejo vai tomando forma por meio das das metas que são possíveis de se estabelecer. 

É a mesma coisa com finanças. Pode ser mais difícil de visualizar isso nessa área, já que nos acostumamos a certos clichês vendidos como metas financeiras: poupar, investir e ter mais dinheiro no futuro de que se tem hoje. Novamente, começamos a perceber que essas coisas por si só não são metas, são desejos. 

Mais e mais a ideia de poupar dinheiro apenas por poupar, sem um objetivo claro para ele, se demonstra falha, já que não existe um fio condutor que vai ajudar a pessoa a se manter fiel a isso. Nesse exemplo, uma meta financeira seria “eu vou guardar 10% do meu salário durante 12 meses para começar a fazer meu fundo de emergência”. Aqui, trouxemos o sonho para a realidade e o configuramos de uma maneira em que ele pode ser medido, avaliado e acompanhado por meio de de métricas, além de estabelecer um objetivo final claro e razoável.  

Existem metas de curto, médio e longo prazo. Uma boa maneira de tornar a jornada menos cansativa é dividi-las em objetivos menores. Assim, no lugar de “guardar R$20.000 na poupança”, prefira “depositar pelo menos R$200,00 na poupança todos os meses”. Essa estratégia torna a meta menos assustadora e você se sentirá recompensado e motivado todas as vezes que avançar uma etapa.

Agora que entendemos o que é uma meta e a diferença primordial entre metas e sonhos, podemos começar a definir algumas metas financeiras com mais propriedade. 

Como definir metas? 

Em primeiro lugar, uma meta deve possuir um objetivo claro. Ou seja, em vez de “viajar”, prefira “viajar para a Bahia no ano X”, por exemplo.

Uma vez definido o objetivo, é a hora de refletir e listar o que será necessário para que ele se torne verdade. Em geral, definir e atingir metas envolve mudanças e desafios, então certifique-se de que essa meta é importante o suficiente para que você não desista no meio do caminho.

Não menospreze as suas companhias. Cercar-se de pessoas que compartilham dos seus objetivos e acreditam em sua capacidade é uma das maiores ajudas que você pode contar, independentemente de quais e quão difíceis sejam suas metas.

Não existe uma única receita de como alcançar todas as suas metas. Existe, no entanto, formas de tornar o caminho menos árduo e mais prazeroso.

Para facilitar o planejamento existe o método SMART, que determina que uma meta deve ser:

  •       S: Specific – Específica
  •       M: Measurable – Mensurável
  •       A: Achievable – Alcançável e realista
  •       R: Relevant – Relevante para seus objetivos
  •       T: Time Based – Atreladas a um prazo

Essa maneira de pensar sobre metas financeiras nos ajuda a quebrar um grande sonho ou desejo em pequenas tarefas e processos e, acredite, isso pode nos ajudar muito a finalmente atingir objetivos que parecem muito distantes.  

Dicas para definir e alcançar suas metas financeiras

Agora que já discutimos o que são e como definir boas metas financeiras, trouxemos algumas dicas práticas para quem quer ver a coisa saindo do papel. Claro que o mais importante é encontrar o que funciona para você, mas existem algumas premissas básicas que podem ser aplicadas para facilitar a nossa vida. 

Coloque tudo na ponta do lápis

Você não conseguirá atingir suas metas financeiras se não tiver uma dimensão real de suas receitas e despesas. Por isso, anote em um papel ou planilha tudo aquilo que você ganha (receitas) e gasta (despesas) em determinado período, desde a conta de luz até aquele café depois do almoço. Você se surpreenderá com quanto dinheiro é gasto em coisas supérfluas.

Aqui no blog da Geru, já falamos sobre saúde financeira, controle de despesas e controle financeiro, além de várias dicas sobre como economizar ganhando pouco e como gastar menos no dia a dia. 

Viva conforme o seu orçamento

A chave para o sucesso de suas metas é viver conforme a sua realidade financeira. Muitas pessoas têm um padrão de vida incompatível com seus ganhos, o que resulta em dívidas e estresse no final do mês.

Após verificar com exatidão quais são suas despesas fixas e variáveis você saberá exatamente o quanto “sobra”. Este é o seu orçamento. Tente ao máximo se enquadrar a ele, e não o contrário.

Defina prioridades

Sabemos o quanto é difícil resistir a uma boa promoção, ou aquela saidinha com os amigos e a família no fim de semana. Contudo, lembre-se que existem metas financeiras a te esperar. Antes de ceder ao consumismo, faça-se as seguintes perguntas:

  • Eu realmente preciso disso?
  • Eu tenho dinheiro suficiente?
  • Eu posso esperar?
  • Do que estarei abrindo mão se gastar esse dinheiro agora? 

 Conte com uma reserva para emergências

Emergências acontecem e você precisa estar preparado, afinal, você não vai querer destruir o que construiu durante meses por falta de planejamento. Seja para emergências médicas, cobrir uma despesa inesperada, consertar o carro ou em caso de desemprego, conte com uma reserva financeira razoável. Incluir este item em suas metas financeiras te dará maior controle sobre as situações e evitará que adversidades comprometam seu orçamento.

Seja realista

Não estipule metas financeiras ambiciosas para curto prazo, nem faça planos que estejam fora de sua realidade atual. O segredo para se manter motivado e positivo durante todo o processo é traçar objetivos realistas e atingíveis. Evite dar passos maiores do que as suas pernas, o que pode gerar estresse e frustração.

Acompanhe o seu desempenho

Tão importante quanto estabelecer metas financeiras é acompanhá-las regularmente para saber o quão bem sucedido você está. Se notar que todas as metas menores estão sendo atingidas sem dificuldade, este é um indício de que você está no caminho certo. Mas, se perceber que está aquém do esperado, talvez seja a hora de rever os objetivos e ser menos ambicioso. Lembre-se que nunca é tarde para rever os planos e, se preciso, recomeçar. O mais importante é não desistir.

Em conclusão, definir e manter metas financeiras vai exigir, além de qualquer outra coisa, honestidade consigo mesmo e perseverança naquilo que se deseja. Ninguém nasce sabendo como traçar planos de ação para atingir metas, mas quando alinhamos uma vontade muito latente à organização e ações práticas, os caminhos começam a tomar forma. 

Aqui na Geru, queremos te ajudar a entender melhor o mundo financeiro e prezamos por informações completas e claras. Se você gostou desse conteúdo e quer continuar aprendendo, acompanhe nosso blog e não perca nenhuma novidade. 

Nós também queremos te ajudar a realizar seus sonhos, de forma fácil e confiável. Venha simular um empréstimo com a gente:

%d blogueiros gostam disto: