Escolha uma Página Menu

Entenda seu empréstimo simples: como funcionam as parcelas

23 abr 19 | Finanças

Todos os anos, milhões de brasileiros usam empréstimos para consolidar a dívida, pagar despesas inesperadas, melhorar a casa e muito mais. A concessão de crédito aumentou 11,9% no último ano, segundo dados do Banco Central. Entre os tipos de crédito que mais crescem está o empréstimo simples online. 

Mas por que esse tipo de crédito é tão atraente para tantos? O empréstimo simples, como o oferecido pela Geru, possui a melhor taxa de juros para quem precisa de crédito livre, para usar como quiser. Contudo, é na rapidez, facilidade e simplicidade do processo que ele mais se destaca.

Todo o processo de solicitação e avaliação do pedido acontece pela internet, por meio de sistemas automatizados que informam ao solicitante a resposta final em questão de minutos. Caso aprovado, o dinheiro é depositado na conta informada em até 1 dia útil.

E o que acontece depois de aprovado o empréstimo simples? Se você fez o seu e está com dúvidas, chegou ao lugar certo. Neste artigo, vamos explicar tudo que você precisa saber sobre o pagamento das suas parcelas.

1. Fazer empréstimo simples? Como funciona as parcelas?

Antes de assinar o contrato do seu empréstimo, você poderá determinar a melhor data de vencimento para suas parcelas. Certifique-se de ler todos os detalhes antes de concordar com as condições e escolher uma data que se encaixe bem de acordo com o vencimento das suas outras obrigações mensais.

As parcelas do empréstimo na Geru podem ser pagas de duas formas:

  • Débito automático: quando você programa para que o pagamento seja debitado diretamente da sua conta todos os meses; 
  • Boleto bancário: nesse caso, você deve fazer o pagamento manualmente pelo seu aplicativo do banco ou caixa eletrônico.

2. Posso adiantar as parcelas do empréstimo simples?

Uma das grandes vantagens do empréstimo simples online é a possibilidade de adiantar as parcelas do seu contrato. O sistema recalcula os juros das suas parcelas, fazendo o desconto conforme o número de dias adiantados. É possível adiantar parcelas em qualquer momento do seu contrato. 

Contudo, antes de adiantar parcelas, vale considerar alguns pontos para definir se essa é a melhor escolha de acordo com seu momento financeiro:

 

  • Suas contas estão todas em dia? Cheque seu planejamento e veja se nenhuma outra conta ficará pendente com o adiantamento das parcelas;

     

  • É importante pensar um pouco mais na frente. Faça o planejamento financeiro para, pelo menos, três meses a diante e veja se, mesmo com os adiantamentos agora, seu saldo financeiro continuará positivo (ou seja, entradas maiores que saídas).

3. O que acontece caso atrase uma parcela?

Caso você deixe de pagar um boleto até o vencimento ou não haja saldo na sua conta para o débito automático, sua parcela entrará em atraso. Nesse caso, você estará sujeito a multa por atraso e a juros de acordo com os dias que a fatura estiver atrasada.

Além disso, a partir do primeiro dia de atraso, seu nome estará passível de ser enviado aos órgãos de proteção ao crédito. Para resolver essa situação, você poderá:

  • Emitir nova via para pagamento com recálculo dos juros e valor pela sua área pessoal;
  • Realizar pagamentos parciais pelo site e diminuir a quantia devida;
  • Entrar em contato com o time de atendimento da Geru para fazer a renegociação da dívida.

O seu planejamento financeiro neste momento também será importante. É essencial entender sua situação financeira todos os meses para se antecipar à problemas como esse.

A capacidade de se organizar com relação ao seu dinheiro calcula que você consegue antecipar situações que possam vir a acontecer e mudar seus planos, e mesmo assim, conseguir contornar essas questões sem prejudicar seus gastos já programados.

Além disso, é importante considerar que pensar em saúde financeira significa hábito e reeducação, especialmente se você não estava habituado a poupar. Faça um panorama geral de quanto você recebe e posteriormente de quanto gasta, veja quais os custos que é possível cortar mais facilmente e tenha uma reserva para eventuais surpresas, assim não precisará se preocupar com as consequências de atrasos.

Você pode  contratar um empréstimo simples por diversos motivos, incluindo concluir uma obra na sua casa, fazer uma compra importante, cobrir despesas educacionais ou pagar contas antigas que estejam acumulando juros. Afinal, o empréstimo simples pela internet é muito mais rápido e você pode usar os fundos como quiser.

CENTRAL DE ATENDIMENTO

Disponível entre às 10 e 1 9 horas em dias úteis.

+55 11 3132-7266

contato@geru.com.br

Geru.com.br pertence à Geru Tecnologia e Serviços S.A. (Geru), CNPJ 20.955.843/0001-59, com sede na Rua Inácio Pereira da Rocha, 514, Pinheiros, São Paulo, SP, CEP: 05432-011. A Geru não é uma instituição financeira: somos uma correspondente bancária do Banco AndBank (Brasil) S.A. inscrito no CNPJ sob o Nº48.795.256/0001-69 e do Banco CBSS SA, inscrito no CNPJ sob o Nº 27.098.060/0001-45 nos termos da Resolução no 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. Prazo de pagamento: de 12 meses a 36 meses. O custo efetivo pode variar de 2,00% a.m. (26,82% a.a.) até 9,50% a.m (197,15% a.a.). Exemplo: um empréstimo de R$ 10.000,00 em 24 meses terá parcelas de R$ 618,48, um valor total de R$ 14.843,52, juros de 3,4% a.m. (49,9% a.a.) e CET de 4,2% a.m (64,4% a.a.). Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com os critérios de aprovação de crédito da instituição financeira. Acesse nossas demonstrações financeiras por meio dos seguintes links: 20152016 e 2017.

%d blogueiros gostam disto: