Escolha uma Página Menu

Empréstimo em tempos de crise

10 jun 2020 | Finanças pós COVID-19

Pintou aquele aperto financeiro? A crise econômica causada pela pandemia do COVID-19 está impactando negativamente o andamento do seu negócio, dos seus gastos familiares e todos ao redor e você não sabe qual caminho seguir? Então esse conteúdo foi feito para você!

Mesmo com algumas iniciativas de Instituições e do Governo Federal (Bacen, Bancos Múltiplos e BNDES) você pode estar avaliando se precisa de alguma ajuda financeira, ou melhor, qual é a hora certa de buscar esse tipo de ajuda. Nesse sentido, vamos falar sobre empréstimo pessoal através de uma plataforma digital. Com a dinâmica da quarentena, essa é uma solução que pode dar um fôlego para suas finanças sem precisar sair de casa ou procurar o seu gerente do banco. Sem mais delongas, vamos entender os principais pontos que devem ser analisados antes de pedir um empréstimo:

1 – Solicito empréstimo agora ou espero a crise passar?

Inicialmente, é indispensável que você faça um planejamento das suas finanças. Esse exercício irá te ajudar a mensurar o tamanho da necessidade de um empréstimo frente à crise. Inclua nesse momento algumas perguntas que só você conseguirá responder: – Quanto de dinheiro terei nos próximos meses? – Como ficarão meus gastos? – Consigo fazer renda extra? – Consigo reduzir meus gastos? Já utilizei a minha reserva emergencial?Qual o valor que eu realmente preciso para ajustar minhas finanças? após esses questionamentos você estará pronto para o próximo passo.

2 – Empréstimo em tempo de crise: vale a pena?

Solicitar um empréstimo diante do contexto que vivemos possui pontos positivos e pontos negativos.

VANTAGENS

– O primeiro ponto positivo é: você irá organizar suas dívidas. Ao receber o dinheiro do empréstimo, você terá um montante capaz de solucionar seus problemas financeiros (outras dívidas mais caras, contas e parcelas pendentes);
– Em momentos de crise como estamos vivendo, é comum que mudanças na vida profissional e pessoal tenham impactos significativos, como a redução da renda ou aumento dos gastos. Dessa forma, é importante lembrar que as crises são passageiras e uma boa organização financeira pode garantir que suas finanças permaneçam saudáveis antes e depois dela. O ponto chave aqui é entender as necessidades financeiras reais buscando entender sua real situação dentro desse contexto de crise.
– Quitou as dívidas? Resolveu suas pendências? A partir desse momento você poderá:

  • Seguir com o planejamento financeiro realizado antes de tomar o empréstimo, mantendo o pagamento dos compromissos assumidos;
  • Caso esteja sobrando um dinheiro, que tal adiantar o pagamento das parcelas do seu empréstimo? Essa ação pode te ajudar a quitar seu empréstimo mais rapidamente e tirar de vez todas pendências futuras da sua cabeça.

PONTOS DE ATENÇÃO

– É imprescindível que você se atente a novos compromissos assumidos após a contratação do empréstimo. Lembre-se: por volta de 30% da sua renda ficará comprometida com essa conta;
– Aproveite essa oportunidade para fazer uma melhor gestão da sua vida financeira. Se você não mudar de postura em relação as suas finanças, irá se enrolar novamente no futuro;
– Não se emocione com a quantia recebida. É comum não priorizar todas as contas, incluindo as futuras, quando se recebe o montante do empréstimo.
– Caso você esteja com algum problema de negativação por conta de alguma dívida existente, é importante buscar renegociar essa pendência junto aos credores antes de buscar um empréstimo. Fique atento, pois grande parte das Instituições Financeiras não concedem empréstimos para pessoas com negativação ou cobram taxas muito mais altas por isso.

3 – Escolhendo o melhor tipo de empréstimo

O empréstimo é uma solução de última instância e, muitas vezes, precisamos dele com uma certa urgência. Dado que temos um leque de opções para empréstimos no mercado, resolvemos destacar aqui dois tipos principais: com e sem garantia.

Empréstimo pessoal sem garantia
É aquele que não solicita nenhum tipo de garantia, ou seja, você não compromete seus bens para receber o empréstimo. Esse é o ideal para clientes que não possuem bens no seu nome e que desejam resolver problemas mais imediatos (como imprevistos).

Empréstimo pessoal com garantia
É aquele que se baseia na alienação de um bem como garantia do recebimento do empréstimo, seja sua casa, seu carro ou sua moto. Essa modalidade é o ideal para clientes que possuem bens no seu nome e/ou desejam resolver problemas menos imediatos (como investimentos em negócios).

Todos os detalhes sobre tipos de empréstimo, vantagens e desvantagens, você confere nesse texto do nosso blog.

4 – Veja como solicitar um empréstimo online

Primeiro, você precisa pesquisar. Pesquise qual é a Instituição que mais atende as suas necessidades em questões de prazo, preço e burocracias. Algumas empresas solicitam diversos documentos na solicitação de empréstimo, já outras, não são tão burocráticas nesse quesito.
Após escolher a melhor Instituição, você com certeza fará um breve cadastro que servirá para que seu perfil seja analisado e a sua taxa definida.

Muitos sites, como o nosso, são seguros e garantem que suas informações estão salvas. Por isso, é muito importante verificar todos os motivos pelos quais Instituições Financeiras podem ou não ser confiáveis. A Geru se tornou referência no mercado de empréstimo pessoal sem garantia justamente por ter transparência em seus processos, o que torna a solicitação de empréstimo muito rápida e simples. Confira todas as informações sobre a Geru nesse texto.

Você se identificou com esse conteúdo? A Geru tem empréstimo pessoal online rápido, justo e descomplicado. 

Simule o seu empréstimo em nosso site, acesse: www.geru.com.br

%d blogueiros gostam disto: