Escolha uma Página Menu

Cuidados na hora de emprestar nome e dinheiro

26 fev 2021 | Finanças

Sabemos que é difícil dizer “não” às pessoas, mas, em algumas situações, é para o bem de ambos os lados. Principalmente quando envolve dinheiro e emprestar nome a conhecidos. Para você ter ideia, segundo dados do SPC Brasil e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 1 em cada 10 brasileiros contrai dívidas por emprestar seu nome para terceiros. Ou seja: quem faz isso fica com os dados pessoais “congelados” para qualquer condição de emergência que venha acontecer. Acaba que a ajuda se torna cilada.

Então, que tal entender melhor o que está em jogo ao emprestar seu nome ou emprestar dinheiro para alguém? Confira:

– Tenha responsabilidade

Se você decidir comprar algo e dispor do seu nome, é fundamental cobrar responsabilidade de quem está neste “acordo” também. O ideal é que todos os detalhes sejam conversados de modo mais claro possível. Não tenha medo e nem se sinta intimidado, porque, afinal, é o seu nome que está em jogo. Por isso, proponha um plano de ação para que tudo seja cumprido.

– Avalie a situação

Dá para entender que, se alguém está pedindo dinheiro emprestado ou o uso do seu nome, é porque ela está sem crédito no mercado e até com restrições cadastrais. Logo, é bem provável que essa pessoa não tenha controle da saúde financeira dela. Então, vale a pena você comprometer a sua? Pense, repense e avalie a situação completa. Converse, entenda os pontos positivos e negativos e, se possível, dê o primeiro passo que é: ofereça dicas de como melhorar as finanças dela.

– Seu nome x Seu dinheiro

Aqui temos dois pontos a serem levados em consideração: você está emprestando seu nome para dar entrada em algum financiamento ou realizar alguma compra; ou você emprestou dinheiro físico para alguém comprar algo?!

Qualquer uma das opções, entenda que:

  • Em caso de atraso de pagamento, seu nome será adicionado aos órgãos de restrição de crédito;
  • Você pode ficar sem o dinheiro que emprestou, tendo sua situação financeira prejudicada.

– Indique soluções

Emprestando dinheiro ou não, oferecendo seu nome como ajuda ou não, você com certeza deve dar “um toque” a essa pessoa. Seja ela conhecida, próxima, amiga, familiar ou até aquele colega, mas que você confia, tente oferecer alternativas que contribuam positivamente para que ela não precise mais passar por essa situação (nem você).

Por exemplo: fale com ela sobre o blog da Geru. Aqui oferecemos conteúdos sobre saúde financeira, dicas e muitas informações sobre como não se enrolar com dívidas. Além disso, dependendo da situação, você pode até indicar o empréstimo da Geru como uma alternativa financeira para a pessoa se livrar daquela situação e alcançar seus objetivos.

%d blogueiros gostam disto: