Escolha uma Página Menu

Como ter renda extra? Confira nossas 10 dicas

14 jan 2020 | Finanças

Se engana quem pensa que ter uma renda extra é só para quem está em uma situação financeira complicada. Claro que nossas dicas ajudam bastante a quem quer se livrar das dívidas do cheque especial e do crédito rotativo do cartão (que normalmente possuem juros exorbitantes e nos colocam na famosa “bola de neve” das dívidas, difícil de sair sem ajuda financeira).

Porém, se você faz parte do grupo das pessoas que não possui nenhuma pendência financeira, também poderá se beneficiar das nossas dicas. Seja para economizar para uma viagem dos sonhos, para a festa de casamento ou comprar um veículo ou seu imóvel, uma quantia a mais todo mês é sempre bem-vinda, não é?

Ainda mais diante da grave crise econômica que o país está atravessando, nada como ter uma tranquilidade a mais no fim do mês. Ou mesmo ter mais dinheiro para uma reserva financeira para o caso de alguma eventualidade.

A seguir, descubra algumas maneiras de fazer uma renda extra todos os meses. Escolha uma (ou mais de uma!) forma de ganhar mais dinheiro. Sabe aquele seu hobby, alguma coisa que você faz praticamente brincando e nem vê o tempo passar? Ou algo que as pessoas sempre te pedem ajuda? Já pensou em ganhar dinheiro com ele? Essas atividade podem virar uma fonte de renda. E algumas delas você já poderá colocar em prática ainda hoje, com o que você já possui em casa.

10 maneiras de ter renda extra todos os meses

Confira a seguir algumas ideias simples que você pode começar a implementar para aumentar sua renda mensal.

1. Dar aulas de reforço escolar

Na escola você se dava muito bem em uma ou mais matérias? Seguramente havia colegas que não se saíam tão bem assim, talvez até já tenham pedido ajuda a você. Por isso vale recorrer aos livros antigos para relembrar alguns conceitos e oferecer aulas de reforço. Se você tem filhos em idade escolar, pode até conversar com os pais dos colegas e divulgar suas aulas. Esse serviço costuma ser bastante procurado, sobretudo em época de provas, geralmente nos fins dos bimestres escolares.

2. Você sabe cozinhar?

Se sim, essa é uma ótima oportunidade de ganhar renda extra todos os meses. Alguns dizem que o mercado de gastronomia está saturado, que há muita gente fazendo todo tipo de produto comestível para vender. Contudo, há mais coisas a considerar aí. Sim, há muita gente fazendo comida para vender, mas este ainda é um mercado promissor. 

Obviamente todos nós precisamos comer e, além disso, em períodos de crise, uma comidinha gostosa ou uma guloseima é um mimo que as pessoas podem se dar. Você pode começar a vender doces ou outro tipo de guloseima no seu próprio local de trabalho, por exemplo (entretanto, converse com os gestores da empresa e confirme que não há nenhum problema com isso pelas políticas do local). Se está em dúvida por onde começar, o ramo de marmitas fit ou comida para pessoas com restrições alimentares está bastante em alta.

Alimentos sem glúten, sem lactose, com baixo teor de gordura ou até para veganos, por exemplo, estão sendo bastante procurados. Os doces também são sempre uma boa ideia, afinal, quem não ama uma deliciosa sobremesa depois do almoço?

3. Pequenos consertos e reparos

Muitas pessoas não sabem ou não gostam de fazer ajustes nas suas casas. Atividades como trocar a resistência do chuveiro ou desentupir um vaso sanitário podem ser bastante simples para você. Mas há pessoas que pagam para não ter dores de cabeça com esses serviços.

Então, coloque em prática suas habilidades de “faz-tudo” e divulgue seus serviços. Aqui vai uma dica especial para as mulheres: se você faz esses trabalhos sem problemas, para você pode ser um ótimo negócio anunciar seus serviços a outras mulheres. A mão de obra feminina tem sido cada vez mais requisitada para esse tipo de serviço. Principalmente por mulheres que moram sozinhas e ficam muito mais seguras em ter outra mulher na sua casa.

4. Babá e passeador de cachorro

Os pets estão ganhando cada vez mais espaço na casa e no coração das famílias. E para muitas pessoas é difícil sair todos os dias para passear com os cães, como eles precisam. Ou mesmo encontrar alguém para ficar com os animais de estimação quando viajam ou precisam se ausentar por um longo tempo. Se você gosta de animais, estas podem ser boas atividades para ganhar um dinheirinho nas horas vagas.

5. Ganhe comissão na venda de produtos digitais

Ninguém tem mais dúvida de que os cursos online vieram para ficar. Não só os cursos, mas também os ebooks, palestras e todas as maneiras de aprender pela Internet. Você sabia que pode ganhar uma comissão na venda dos chamados infoprodutos? Por meio da divulgação de um link você pode trabalhar com a chamada “afiliação”. Sendo afiliado de um infoproduto você pode divulgá-lo em suas redes sociais, mandar e-mails (caso você tenha uma extensa lista de contatos, melhor ainda) ou encontrar outras formas eficientes de divulgação.

6. Fique de olho em oportunidades de trabalho temporário

Caso você tenha os fins de semana livres, você pode trabalhar em festas e eventos em geral. Ou mesmo em bares e restaurantes que contratam dessa maneira. Você pode usar esse tempo para fazer trabalhos de garçom, atendente e recepcionista em eventos, por exemplo. Em grupos de bairro nas redes sociais essas oportunidades costumam ser bastante divulgadas. 

7. Faça um brechó com as coisas que você não usa mais

Nos Estados Unidos são bastante comuns as chamadas “vendas de garagem”, você pode fazer uma versão brasileira desse hábito saudável para o bolso. Dê uma olhada nas coisas que você possui. Faça uma análise sincera das roupas e acessórios, livros, eletrodomésticos e objetos de decoração. Quais desses objetos você realmente usa? Quais você realmente gosta? Quais deles foram comprados por impulso e esquecidos logo depois? Algum deles está jogado no armário há meses (ou talvez anos)? 

Depois de tudo separado, verifique se algum precisa de limpeza ou algum pequeno reparo e coloque à venda. Você pode criar um Instagram, por exemplo, onde posta as fotos e faz a divulgação. Ou pode ainda fazer um bazar físico, em uma tarde você vai levantar algum dinheiro e ainda se divertir.

8. Procure sites para realizar tarefas online

Em plataformas como Workana e 99Freelas você pode se candidatar a serviços de design, escrita, tradução, revisão etc. Se você se comunica bem em Inglês, também há a opção de sites como o Fiver e o Freelancer. Você também pode ganhar dinheiro online testando aplicativos ou respondendo pesquisas.

9. Alugue um quarto na sua casa, ou uma vaga na sua garagem

Se você mora em um prédio com garagem e não tem carro, pode alugar sua vaga e ter uma renda extra todos os meses. Caso você viva em um grande centro, as chances de alugar rapidamente são bastante altas. 

Há também a opção de alugar um quarto na sua casa. Se você vive perto de uma universidade, pode alugar para estudantes que geralmente procuram acomodações mais em conta. Ou, se você mora perto da praia ou de alguma atração turística pode considerar alugar um quarto (ou mesmo sua casa ou apartamento, se tiver outro lugar para ficar) para que uma família se hospede na alta temporada. 

10. Faça artesanato para vender

Sabe confeccionar alguma coisa, tem alguma habilidade manual? Aproveite para ganhar uma renda extra. Você não precisa ser um mestre ou fazer algo super original. Basta usar a criatividade e fazer um trabalho de qualidade. E não se esqueça de divulgar: com as redes sociais você pode anunciar seus produtos gratuitamente. Além de, claro, divulgar a todos os parentes, amigos e conhecidos. 

Consegui aumentar minha renda todos os meses! E agora? 

Você conseguiu ter um fluxo de renda extra, ótimo! Parabéns pelo esforço e por ter consolidado um hábito financeiramente saudável. Agora você precisa manter essa vantagem.

Você já deve ter ouvido a máxima “Quem ganha mais, gasta mais”. De fato, é bastante comum que, quanto maior a entrada de dinheiro, mais aumentem os gastos. De maneira quase inconsciente nosso padrão de vida vai subindo junto com nossas entradas financeiras. E isso pode ser uma grande armadilha, pois pode levar ao endividamento. 

Para evitar que isso aconteça você deve se planejar: para que você possa de fato economizar ou destinar o valor ganho para o que realmente deseja, você não deve assumir novos compromissos financeiros. Sim, o ideal é que você limite seu orçamento do mês ao que recebe em sua principal fonte de renda, ou seja, seu trabalho formal. 

Nossa dica para que você possa ter melhor controle sobre suas finanças é não misturar o que você recebe em sua principal fonte de renda com os valores recebidos em suas outras atividades. 

Para facilitar seu controle, sugerimos que você tenha uma conta exclusivamente para esse fim. Uma ótima opção é abrir uma conta 100% digital. Os bancos digitais não cobram tarifas para a realização de serviços como transações bancárias, tampouco taxas de manutenção da conta. Fora a praticidade e a conveniência de realizar todas as operações em casa ou onde estiver. Dessa forma, coloque tudo que você recebe nesta conta até conseguir levantar o valor para o que deseja, ou mesmo para, aos poucos, constituir sua reserva financeira. 

E aí, gostou das nossas dicas para gerar renda extra? Como você pode ver, para começar a praticar a maioria delas, você não vai precisar desembolsar nada. Já escolheu a sua? Já pensou que, daqui a um tempo, ela pode até mesmo virar sua principal fonte de renda? Conta pra gente aí nos comentários qual (ou quais) você escolheu para começar.

 

Aqui na Geru, queremos te ajudar a entender melhor o mundo financeiro e prezamos por informações completas e claras. Se você gostou desse conteúdo e quer continuar aprendendo, acompanhe nosso blog e não perca nenhuma novidade.  

Nós queremos te ajudar a realizar seus sonhos, de forma fácil e confiável. Venha simular um empréstimo com a gente:

%d blogueiros gostam disto: